e-commerce da loja de informática

A internet trouxe uma evolução incrível nos últimos anos. Cada vez mais, os consumidores estão online para comprar produtos todos os dias. Neste contexto, muitos empresários buscam levar sua loja de informática para o mundo digital – investindo no e-commerce.

Quando você faz compras online, você pode pensar que o processo não é tão complicado. Basta selecionar seus produtos, fazer o pagamento e aguardar. Porém, para as lojas esse processo pode ficar complicado – especialmente quando não existe um bom planejamento antes da abertura do e-commerce.

Entretanto, um planejamento eficiente pode garantir que você evite os principais problemas e consiga abrir um e-commerce da loja de informática de sucesso. Neste artigo vamos conferir um passo a passo que vai ajudá-lo neste objetivo!

Quais são os benefícios de abrir um e-commerce?

Antes de entrarmos no passo a passo para montar seu e-commerce da loja de informática, é importante ressaltarmos os principais benefícios de apostar nas vendas pela internet:

Conquistar a confiança dos clientes

Você pode atrair seus clientes com a ajuda de um site bem desenhado. No mundo digital, os clientes só confiarão na sua marca se você apresentar um site altamente funcional. Um e-commerce com todas informações sobre sua empresa e produtos pode ajudá-lo a transmitir mais credibilidade ao público.

Facilidade de uso

As compras online são a forma mais conveniente para os clientes que adoram fazer compras. Por meio de um e-commerce, os consumidores podem fazer compras online a qualquer hora e em qualquer lugar.

A maior oportunidade ao montar o e-commerce da loja de informática é que os clientes podem comprar as mercadorias ou produtos de forma rápida ou fácil de acordo com sua vontade e fazer o pagamento online. Trata-se de uma forma de simplificar ao máximo a experiência do consumidor.

Atração de novos clientes com a visibilidade na internet

Se sua empresa estiver presente online, você receberá muitos visitantes que dificilmente iriam até uma loja física. Quanto mais você aumentar o alcance de seu negócio, mais potenciais clientes serão alcançados. E isso também significa mais oportunidades de negócios para sua empresa.

Conhecer os hábitos de compra de seus clientes

De acordo com as necessidades, gostos, desgostos e comportamentos dos clientes, você pode planejar melhor suas estratégias de marketing e vendas. Com um e-commerce da loja da informática, você tem acesso a informações valiosas sobre os hábitos de compras dos consumidores – o que pode levar a ótimos insights.

Amplo alcance

Se você administra uma loja física, seu alcance é limitado apenas a uma área geográfica específica. Por outro lado, se você tiver seu próprio um e-commerce da loja de informática, poderá aumentar o alcance de seus negócios globalmente.

Sem qualquer restrição geográfica, você pode vender seus produtos para pessoas localizadas em qualquer local do Brasil (ou do mundo!). Tudo que você precisa é de um e-commerce funcional e de uma boa estratégia de marketing digital para ser notado.

Vendas 24 horas por dia, 7 dias por semana

Um e-commerce está sempre aberto. E os clientes se sentem muito felizes, pois podem facilmente comprar a qualquer momento de acordo com sua zona de conforto. É justamente por isso que uma loja virtual pode obter tanto lucro. É muito conveniente para os clientes comprarem os produtos a qualquer hora, seja meia-noite ou de manhã.

11 passos para montar o e-commerce da loja de informática

Você ficou interessado em todos os benefícios de montar o e-commerce da loja de informática? Então confira um passo a passo para ajudá-lo a colocar isso em prática:

1. Faça uma boa pesquisa de mercado

Antes de iniciar a montagem do e-commerce da loja de informática, é importante conduzir uma boa pesquisa de mercado. Dessa forma, você consegue obter informações muito valiosas sobre concorrentes, produtos comercializados, valores, entre outras. Trata-se de uma maneira de avaliar seus pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças.

Você certamente não quer abrir uma loja online apenas para perceber mais tarde que não há muitas pessoas interessadas no produto que você está vendendo. Para isso, você pode usar ferramentas digitais que contribuem para entender melhor o mercado. Com o planejador de palavras-chave do Google, você pode ter uma ótima noção de quais são os termos relacionados a lojas de informática que as pessoas estão pesquisando.

Outra opção é o Google Trends. Essa ferramenta pode fornecer dados sobre o volume médio de pesquisa de um produto que mudou ao longo do tempo. E, ao estudar esses dados, você pode saber se o seu mercado potencial está diminuindo, estável ou crescendo.

2. Valide sua ideia

É ótimo se você já encontrou um produto e seu mercado. Mas você tem certeza de que as pessoas pagarão por seu produto depois que você construir sua loja de e-commerce?

Em vez de dizer às pessoas o quão bom é o seu produto, tente encontrar uma maneira de abrir a carteira. Se as pessoas (o público desejado) não estão dispostas a fazer isso por você, então há algo errado. Agora, pode ou não estar entre as seguintes razões.

•  Você definiu que o preço do produto pode ser muito alto.

•  Pode haver uma versão melhor do seu produto.

•  Você pode estar alvejando o público errado.

•  Não há demanda para o seu produto.

Para descobrir o motivo, pergunte-se: o que está impedindo as pessoas de comprar meu produto?

3. Conheça seus concorrentes

Qual é a competição que você deve enfrentar ao montar um e-commerce da loja de informática? Quais são as outras empresas que comercializam produtos semelhantes?

Mesmo que você já tenha definido que vai comercializar produtos de informática, ainda existem diversas abordagens para colocar isso em prática. É possível focar em nichos de mercado, marcas específicas, regiões do Brasil ou trabalhar diferenciais atrativos.

4. Escolha uma plataforma para seu e-commerce

Para colocar sua ideia em prática, você precisa de uma plataforma para criar o e-commerce da loja de informática.

Para evitar complicações e economizar tempo e dinheiro, é melhor escolher uma plataforma de comércio eletrônico popular – como Shopify, Nuvemshop, Wix, BigCommerce, WooCommerce, Magento e WordPress.

Além disso, a maioria dos desenvolvedores está familiarizada com essas plataformas, então será fácil para você contratar um desenvolvedor dedicado para integrar plug-ins, gateways de pagamento, etc. em seu site de comércio eletrônico. Essas plataformas de e-commerce são totalmente funcionais, fáceis de usar e consistem em todos os ingredientes necessários para criar uma experiência de usuário agradável para seus clientes.

5. Crie um design responsivo

Sua loja de comércio eletrônico não deve apenas atender aos seus requisitos, mas também deve atender às expectativas dos clientes. Isso significa que seu e-commerce deve ser centrado no cliente.

Imagine que você tente acessar uma loja online pelo seu celular e se depare com um site completamente desconfigurado – com links de difícil acesso e imagens muito pequenas. São grandes as chances de que você simplesmente abandone esse site, não é?

Para evitar essas situações, você precisa garantir um design responsivo em todos os dispositivos – desde notebooks até dispositivos móveis. Dessa forma, você pode proporcionar uma experiência satisfatória em todos os casos.

6. Configure canais de mídias sociais

Cada loja de comércio eletrônico precisa realizar algum tipo de marketing para gerar leads e aumentar as vendas. E há várias maneiras de comercializar seus produtos, como marketing pago, otimização de mecanismos de pesquisa, anúncios de TV e jornais, entre outros. Mas as plataformas de mídia social são a grande unanimidade.

Além disso, a melhor parte sobre marketing de mídia social: é grátis! Você pode se inscrever em diferentes plataformas de mídia social como Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, criar suas páginas e direcionar seus clientes em potencial.

Na verdade, todas as grandes marcas como Amazon, Magazine Luiza e Submarino dão muita atenção ao marketing de mídia social. Portanto, nem é preciso dizer mais que o marketing de mídia social é um dos aspectos importantes para administrar um e-commerce de loja de informática de sucesso.

7. Trabalhe corretamente seus produtos

Talvez essa seja a coisa mais difícil de aprender e executar no negócio de e-commerce. Porque, se seus preços forem muito baixos, obviamente você não terá nenhum lucro. E se os preços forem muito altos, seu público tentará encontrar sua alternativa.

Então, como definir o preço correto de seus produtos?

Para lhe poupar aborrecimentos, é importante aprender a planejar seus preços.

Você pode pensar que não deve realizar nenhum lucro no início ou vender seus produtos menos do que o custo, mas não faça isso.

Suponha que você esteja vendendo mouses em sua loja de comércio eletrônico e tenha os seguintes custos: R$30 pelo produto, R$5 para adquirir os clientes, R$5 para entrega, R$5 para outras despesas. Isso significa que você nunca deve vender esses jeans por menos de R$45 – e deve ser mais se quiser lucrar com isso.

Pergunte também: quanto seu cliente está disposto a pagar a você? Pode haver certas situações em que seu cliente esteja disposto a pagar mais dependendo do que você está vendendo. Portanto, você pode lucrar mais com isso porque, obviamente, seus clientes querem muito.

8. Otimize suas páginas

Quando se trata de oferecer uma experiência de usuário rica aos visitantes, é essencial estruturar e apresentar seus produtos corretamente para os mecanismos de pesquisa e também para os seres humanos, para convertê-los em compradores.

As imagens, antes de mais nada, devem ser de alta qualidade em toda a loja. E é melhor se você carregar várias imagens de um único produto de diferentes ângulos. Isso significa muito para os compradores quando se trata de tomar uma decisão.

Outro aspecto é a descrição do produto. É aqui que você terá que jogar o jogo de palavras. Inclua palavras-chave relacionadas aos seus produtos no título da página, meta descrição, bem como na descrição do produto.

9. Use pop-ups

Você pode ter uma imagem de pop-ups em sua mente, visto que caixas irritantes aparecem enquanto você lê o conteúdo de um site. Você acha que eles são realmente ruins e se pergunta por que a maioria das pessoas o usa. Mas o fato é que eles funcionam muito bem.

Com o pop-up, você pode apresentar chamadas de ação marcantes, anunciando vendas ou códigos de cupons gratuitos – e coletando endereços de e-mail dos visitantes. E isso realmente funciona na prática: em um teste, o pop-up atraiu 1.375% mais assinantes de e-mail do que aqueles que não usaram.

Um estudo também revelou que um site estava recebendo apenas 10-15 assinantes de e-mail por dia, apesar de ter 50.000 visitantes diários – enquanto o pop-up aumentou o número de inscrições em 150 por dia.

Com isso dito, você pode facilmente obter uma segunda ou talvez uma terceira chance de trazer de volta os clientes em potencial por meio de seus endereços de e-mail. O motivo é que você obtém permissão para enviar mensagens por e-mail. E o e-mail é o ambiente online mais pessoal, em que você tem a atenção livre de distrações do seu público – e pode fomentar mais vendas.

10. Simplifique o processo de compra

Se sua meta é aumentar suas vendas, você precisa garantir que nenhum de seus visitantes fique frustrado e saia de seu site com carrinhos abandonados. Esse atrito é um dos maiores desafios que os empreendedores de e-commerce enfrentam, especialmente quando o mundo está entrando na era móvel.

No entanto, as seguintes ações podem ser realizadas para garantir que o atrito seja mínimo em sua loja de comércio eletrônico:

•  Remova a necessidade de criação de conta no início

•  Reduza o número de telas de etapas pelas quais um cliente precisa passar

•  Certifique-se de definir a opção de envio mais barata como padrão, a menos que haja uma opção mais rápida com o mesmo preço

•  Forneça várias maneiras para seus clientes pagarem pela compra do produto

11. Faça testes no seu site

Quando se trata de melhorar as conversões online, vendas e alcançar crescimento, o teste A / B é o método mais eficiente. Você pode usar isso para testar qualquer coisa – como e-mails, chamadas de ação, páginas de destino, posicionamento de links, entre várias outras possibilidades.

Na prática, os testes ajudam você a entender como fazer seus visitantes tomarem as decisões que você espera para fechar mais vendas. Você pode testar vários elementos como layout, design, redação, título, imagens para entender o que funciona melhor para converter visitantes em compradores.

Vá além do comum para alcançar o sucesso!

Você gostou do passo a passo para montar um e-commerce da loja de informática? Com essas dicas, você pode iniciar suas vendas pela internet o quanto antes!

Entretanto, é fundamental considerar que estamos falando de um mercado repleto de concorrentes. Por isso, é importante encontrar formas de se diferenciar na internet – consolidando a presença digital da sua marca.

Uma ótima forma de colocar isso em prática é diversificando seu mix de produtos. Em vez de ficar limitado ao básico, você pode encontrar alternativas de gerar ainda mais valor para os consumidores.

Além dos produtos de informática, você também pode operar como uma revenda de software de automação comercial. Dessa forma, você pode aproveitar um mercado em ascensão e alcançar um público ainda maior – além de entregar um diferencial para seus clientes atuais.

A GDOOR é sua parceira ideal para revender sistemas de automação comercial!

Possuímos homologação em todos os estados brasileiros e desenvolvemos os softwares mais completos do mercado para o gerenciamento de micro e pequenas empresas, utilizados diariamente por milhares de empresas, comercializados exclusivamente por parceiros – como você!

Quem escolhe a GDOOR Sistemas tem tudo o que uma revenda de software precisa:

•  Política exclusiva;

•  Suporte e treinamento gratuito;

•  Atendimento ágil e humanizado;

•  Alta lucratividade;

•  Comercialização exclusiva por revenda;

•  Melhor custo/benefício do mercado;

•  Sistema de fácil utilização;

•  Ética profissional;

•  Valorização dos parceiros.

Através das soluções GDOOR, seu cliente amplia as possibilidades de gerenciamento de forma consistente e dinâmica, você rentabiliza seu negócio estando à frente das inovações. Isso é ser uma revenda GDOOR!

O que você achou do passo a passo para montar o e-commerce da loja de informática? Quer entender melhor como funciona uma revenda GDOOR? Então entre em contato com a nossa equipe!