plano de negócios para loja de automação

Se você quer alcançar o sucesso com sua loja de automação comercial, precisa de um plano de negócios. De muitas maneiras, seu plano de negócios é seu roteiro – ele não apenas orienta você e outras partes interessadas importantes à medida que seus negócios crescem, mas também mostra aos investidores, credores ou parceiros em potencial para onde seu negócio está se encaminhando.

Embora escrever um plano de negócios possa parecer intimidante, não precisa ser. Basta que você reserve algum tempo, inclua informações essenciais e siga algumas etapas simples!

Para ajudá-lo no processo, desenvolvemos este guia com um passo a passo para montar um plano de negócios para loja de automação comercial. Confira!

O que é um plano de negócios?

Antes de detalharmos como escrever um plano de negócios, devemos descobrir exatamente o que é um plano de negócios, não é?

Um plano de negócios é um documento com todos os detalhes cruciais de uma empresa. Abrange as seguintes informações: o que você vai vender ou produzir, a estrutura do seu negócio, sua visão de como vender o produto, de quanto financiamento você precisa, informações sobre projeções financeiras, entre outros detalhes.

Antes de começar a implementar o plano de negócios de sua empresa, é necessário fazer um brainstorm para garantir que sua equipe esteja preparada para responder a algumas perguntas:

•  Por que estamos começando / prontos para expandir o negócio?

•  O que torna nossa empresa diferente? Como podemos nos diferenciar?

•  Que solução estamos fornecendo? Como oferecemos isso?

•  Quem somos nós?

•  Quem são seus clientes?

•  Como podemos ter lucro? Em um ano? Em cinco anos?

No entanto, existem dezenas de outras perguntas, específicas do setor ou outras, que você deve perguntar. Ao começar, preste atenção a essas perguntas. Seu plano de negócios deve abordá-los de forma clara, concisa, estratégica e realista.

Por que um plano de negócios é necessário?

A percepção crítica de um plano de negócios de qualquer empresa é mostrar a você que vale a pena começar seu negócio e que vale a pena perseguir a ideia. Ele fornece a você a possibilidade de obter uma visão detalhada de seus objetivos. Caso haja algo a mudar e melhorar, é hora de fazer isso antes que o plano de negócios de sua empresa seja implementado.

Um plano de negócios é essencial para vender sua empresa a investidores e banqueiros em potencial. Mas, além disso, o processo de redação envolve você e seus parceiros dando uma olhada real em como você deseja que seja o futuro de sua empresa e como você fará isso acontecer.

Passo a passo para montar um plano de negócios para loja de automação comercial

Chegou o momento! Vamos ver um passo a passo para montar um plano de negócios para loja de automação comercial. Para isso, vamos passar por todas as sessões que compõem este documento. Vamos lá?

1. Sumário executivo

Esta é a primeira página do seu plano de negócios. Ela deve incluir uma declaração de missão, que explica o foco principal do seu negócio, bem como uma breve descrição dos produtos ou serviços oferecidos. Trata-se de uma espécie de um resumo de seus planos – que serão desenvolvidos nos próximos passos.

2. Descrição da empresa

A segunda etapa que você deseja realizar ao escrever um plano de negócios para loja de automação comercial é adicionar a visão geral da sua empresa. Embora essa etapa possa parecer semelhante ao que você acabou de escrever no resumo executivo, a visão geral da empresa é uma visão geral da estrutura de seu negócio e do que você faz.

Ao escrever a visão geral de sua empresa, portanto, você pode pensar em dividi-la assim:

•  O que sua empresa faz: comece a seção de visão geral da empresa com algumas frases que descrevem o que sua empresa faz. Você pode pensar nesta parte como seu argumento de venda por escrito. A primeira parte da visão geral de sua empresa tem como objetivo dar aos leitores e investidores uma ideia geral de seu negócio.

•  Setor e mercado de sua empresa: a seguir, você vai querer explicar a natureza do setor e mercado que sua empresa atende. Onde você se encaixa? Qual é a necessidade que sua empresa atende especificamente e como você atende a essa necessidade? Novamente, sua explicação de sua oferta de mercado deve ser breve e concisa.

•  Estrutura jurídica da sua empresa: depois de dar seu argumento de venda e explicar sua proposta de valor, você desejará descrever a estrutura jurídica da sua empresa. Você é um MEI, uma sociedade limitada, uma EIRELI? Certifique-se de explicar que tipo de entidade comercial sua empresa é e fornecer uma visão geral de sua estrutura patrimonial também.

Essencialmente, a visão geral da empresa de um plano de negócios oferece um argumento de venda rápido—mas cativante – sobre o que você faz, a quem serve e por que será capaz de atendê-los. Além disso, esta seção também inclui uma breve análise da estrutura legal e de propriedade existente de sua empresa para que os investidores em potencial saibam no que estão se metendo.

3. Declaração de objetivo ou metas de negócios

Uma declaração de objetivo deve definir claramente os objetivos da sua empresa e conter uma estratégia de negócios que detalha como você planeja alcançá-los. Ela explica exatamente o que você gostaria de realizar, tanto a curto como a longo prazo.

Se estiver procurando por financiamento externo, você pode usar esta seção para explicar por que tem uma necessidade clara de fundos, como o financiamento ajudará seu negócio a crescer e como você planeja atingir suas metas de crescimento. O segredo é fornecer uma explicação clara sobre a oportunidade apresentada e como o empréstimo ou investimento fará sua empresa crescer.

4. Estrutura de negócios e gestão

Aqui, você listará a estrutura jurídica da sua empresa – como uma empresa individual ou sociedade – bem como os principais funcionários, gerentes ou outros proprietários da empresa. Também deve incluir o percentual de propriedade de cada proprietário e a extensão do envolvimento de cada proprietário na empresa.

5. Produtos e serviços

Nesta seção, você pode detalhar os produtos ou serviços que sua loja de automação comercial oferece ou planeja oferecer. Deve incluir o seguinte:

•  Uma explicação de como seu produto ou serviço funciona

•  O modelo de preços para seu produto ou serviço

•  Os clientes típicos que você atende

•  Sua estratégia de vendas e distribuição

•  Por que seu produto ou serviço é melhor do que o que a concorrência está oferecendo

•  Como você planeja atender aos pedidos

Você também pode discutir marcas comerciais e patentes atuais ou pendentes associadas ao seu produto ou serviço.

6. Plano de marketing e vendas

A próxima etapa é realizar uma análise aprofundada de seu setor, mercado e concorrentes. O objetivo é garantir que você tenha uma visão completa e um conhecimento sólido da dinâmica de seu setor, mercado e concorrentes.

Para mostrar esse entendimento, sua análise de marketing e vendas deve incluir as seguintes seções:

•  Descrição do setor: dê ao leitor uma visão geral do seu setor. Descreva o quão grande é, como cresceu no passado, como os líderes preveem que crescerá no futuro e outras tendências e características importantes. Em seguida, liste os participantes importantes em seu setor.

•  Visão geral do mercado-alvo: você olhou para o seu setor como um todo, agora você vai querer discutir o seu mercado-alvo ou público-alvo.

•  Características do mercado-alvo: Quem são os clientes de uma loja de automação comercial e quais são suas necessidades? Quem está atualmente tentando atender a essas necessidades? Onde está localizado o seu mercado-alvo? Qual é o principal grupo demográfico que você está servindo? Estas são as perguntas que você deve responder ao fornecer informações detalhadas sobre o seu mercado-alvo.

•  Tamanho e crescimento do mercado-alvo: você também deve dar aos leitores uma ideia do tamanho do seu mercado-alvo. Tente fornecer o máximo de dados possível sobre como seu mercado-alvo faz compras no setor em geral – quantas, com que frequência e em que época do ano. Depois de examinar o estado atual de seu mercado-alvo, dê uma ideia do crescimento projetado de seu mercado.

•  Seu potencial de participação no mercado: agora que você sabe como é o seu mercado-alvo sem você, como será com você? Quanta participação de mercado você espera ganhar em sua área de atuação?

•  Preços de mercado: ao conduzir essa pesquisa de mercado, você pode dar a melhor estimativa de como deve definir o preço de seus produtos, como deve distribuir seu produto e como pode avançar com estratégias promocionais.

•  Barreiras: certifique-se de incluir quaisquer barreiras à entrada no mercado que você possa encontrar. Isso pode ser regulamentação, mudança de tecnologia, altos gastos de investimento ou falta de pessoal na área.

•  Pesquisa de concorrentes: agora que você analisou seu mercado-alvo como um todo, pode restringir seus principais concorrentes. Observe sua participação no mercado, pontos fortes e fracos, quaisquer barreiras que eles apresentem, parcerias e assim por diante.

7. Projeções financeiras

Esta é uma parte crítica do seu plano de negócios para compreender se sua loja de automação comercial será realmente rentável financeiramente. Trata-se do momento de descrever como sua empresa gerará lucro – com base em projeções de vendas para o futuro.

Aqui, você fornecerá as vendas, despesas e estimativas de lucro mensais ou trimestrais da sua empresa durante, pelo menos, um período de três anos. Seus objetivos podem ser agressivos, mas também devem ser realistas.

Você quer garantir que sua empresa pode gerar um fluxo de caixa forte o suficiente para cobrir as despesas mensais – mas você também deve abordar os vários fatores de risco do negócio.

Para isso, você pode considerar essas variáveis:

•  Investimento inicial: valor que será necessário para tirar o seu negócio do papel.

•  Custo comercial: o que você gastará anualmente em folha de pagamento, estoque e despesas gerais.

•  Seu salário: a quantia que você planeja pagar a si mesmo anualmente.

•  Número estimado de vendas anuais: dê um palpite fundamentado se você não tiver um histórico de vendas para ajudá-lo a determinar a margem de lucro média.

•  Custo médio por item de estoque: seus produtos podem variar de preço, mas tirar uma média dá uma ideia de que tipo de lucro você pode adicionar em torno desse custo.

9. Apêndice

Embora o apêndice esteja no final de seu plano de negócios, ele também conterá todas as informações de apoio que você não incluiu até agora em seu documento.

Especificamente, se você tiver quaisquer pontos de dados adicionais, gráficos, notas de rodapé ou mais explicações que são essenciais para a criação de um plano completo, você os incluirá no apêndice. Você também pode adicionar quaisquer contratos, documentos legais, licenças ou autorizações comerciais e imagens de produtos nesta seção.

Além disso, o apêndice também é um ótimo lugar para inserir seu próprio currículo e currículos de qualquer membro-chave de sua equipe de gestão – dessa forma, seus leitores podem consultar o apêndice se precisarem de mais informações.

Bônus: diferencie seu negócio!

Certamente, ao longo da montagem do plano de negócios para loja de automação comercial você destacará diversas formas de diferenciar seu negócio no mercado. E isso é fundamental para que você se destaque em relação aos concorrentes.

Uma ótima forma de colocar isso em prática é comercializando produtos de alta qualidade para atrair e fidelizar os clientes. E isso inicia com a escolha de parceiros confiáveis – como a GDOOR!

A GDOOR é uma empresa catarinense de Tecnologia da Informação que oferece soluções em sistema de automação comercial para gestão de micro e pequenas empresas. E essas soluções podem fazer parte dos produtos para loja de informática!

A GDOOR Sistemas desenvolveu um produto prático e confiável, além de oferecer soluções com excelência na área de Automação Comercial. Devidamente homologado no PAF-ECF, TEF Discado, Dedicado, PAY&GO. Além disso, atendemos ao SPED Fiscal, NF-e, Sintegra e muito mais.

Somos uma empresa ética e verdadeira. Nós da GDOOR, desenvolvemos um produto confiável, prático e de qualidade, com tecnologia de ponta. Sempre respeitamos as diferenças e particularidades de cada cliente, atendendo a todos com muito respeito e atenção. Temos o compromisso com nossas revendas em prestarmos o melhor atendimento e fornecermos uma solução em gestão comercial.

Torne-se um revendedor de sistema de automação comercial GDOOR!

Revenda um sistema de gestão que vai facilitar e melhorar o controle fiscal das empresas!

Você vai aumentar os lucros do seu negócio com a revenda do software, que vai gerar um controle fiscal definitivo para o seu cliente.

Possuímos homologação em todos os estados brasileiros e desenvolvemos os softwares mais completos do mercado para o gerenciamento de micro e pequenas empresas, utilizados diariamente por milhares de empresas, comercializados exclusivamente por parceiros – como você!

Não exigimos aquisição de licenças para estoque. Revender GDOOR é um investimento seguro e lucrativo. O retorno com a venda e manutenção é garantido e ajudará a sua empresa a empreender com inovação e resultados concretos.

Política comercial

O que mais se espera de uma parceria em negócios é a lealdade, certo? Nosso relacionamento com o revendedor é desta forma, aberto às necessidades e melhorias apresentadas.

Nossa política comercial é clara e pode ser facilmente percebida pelas revendas: não nos envolvemos no processo de vendas de um parceiro, isso significa que em hipótese alguma vamos “atravessar” um negócio feito por uma revenda.

Se o cliente é seu, ele continuará sendo seu!

Suporte técnico humanizado

O suporte técnico é gratuito, possuímos canais exclusivos de atendimento para o revendedor. Nossa prioridade é atendê-lo da melhor forma possível, por meio de uma equipe humana, altamente capacitada e disposta a resolver qualquer tipo de imprevisto ou dúvida.

A revenda também pode se transformar em um canal direto com o seu cliente, agregando serviços. Oferecemos treinamentos on-line para que as empresas revendedoras tenham autonomia para atender seus clientes.

Parceria forte e lucrativa

Quem escolhe a GDOOR Sistemas tem tudo o que uma revenda de software precisa:

•  Política exclusiva;

•  Suporte e treinamento gratuito;

•  Atendimento ágil e humanizado;

•  Alta lucratividade;

•  Comercialização exclusiva por revenda;

•  Melhor custo/benefício do mercado;

•  Sistema de fácil utilização;

•  Ética profissional;

•  Valorização dos parceiros.

Através das soluções GDOOR, seu cliente amplia as possibilidades de gerenciamento de forma consistente e dinâmica, você rentabiliza seu negócio estando à frente das inovações. Isso é ser uma revenda GDOOR!

Você gostou das dicas para montar um plano de negócios para loja de automação comercial? Ficou interessado em se tornar uma revenda de automação comercial de soluções da GDOOR? Entre em contato com a nossa equipe!