como administrar uma rede de lojas

Quando as coisas estão indo super bem, você vê uma demanda crescente por seus produtos em diferentes cidades. Com o tempo, sua empresa está gerando fluxo de caixa suficiente, abrindo muitas possibilidades de crescimento. Agora você está pensando em expandir para um segundo local para levar sua empresa para o próximo nível. Mas como administrar uma rede de lojas?

Se gerenciar uma única empresa requer muitos cuidados, cuidar de várias lojas é um desafio ainda maior. Mas, mantendo sua dedicação e boas práticas será possível superar as dificuldades tranquilamente.

Neste artigo veremos algumas dicas de como administrar uma rede de lojas. Confira!

5 dicas de como administrar uma rede de lojas

1. Certifique-se de que sua primeira loja pode funcionar sem problemas sem você

Antes de se aventurar em outros locais, é importante garantir que sua primeira loja funcione sem problemas sem sua presença constante. Certifique-se de que seu primeiro local seja totalmente autossuficiente e possa operar sem sua contribuição diária antes de prosseguir com um segundo local.

Abrir uma nova loja vai ocupar a maior parte, senão todo, de seu tempo, então sua primeira loja deve ser como uma máquina bem lubrificada que pode funcionar sem você. Uma maneira de fazer isso é ter as pessoas certas no lugar. Certifique-se de que seu gerente tenha conhecimento e experiência suficientes para administrar o local por conta própria e que seus funcionários sejam competentes o suficiente para ter um bom desempenho, mesmo sem a sua presença.

2. Use seu conhecimento ao abrir sua primeira loja, mas não dependa totalmente disso

É importante observar que abrir uma segunda loja é muito parecido com começar um novo negócio do zero. Embora você possa ter algum conhecimento geral de varejo de seu local anterior, muitos dos detalhes mais sutis podem variar de um local para outro.

Por exemplo, se você estiver abrindo uma loja em um estado diferente, provavelmente enfrentará leis, regulamentações fiscais e condições climáticas diferentes. Mesmo se você estiver planejando abrir uma nova loja em uma rua próxima ou em uma cidade vizinha, ainda estará lidando com diferentes questões de zoneamento, concorrentes, etc. O ponto é que você precisa tratar seu segundo local como um novo negócio porque, de várias maneiras, é.

Aqui está um resumo de coisas que você deve considerar ao abrir uma nova loja:

1. Finanças. Como você financiará sua expansão? Você utilizará seu fluxo de caixa atual ou fará um empréstimo ou investimento? Determine como você vai financiar sua nova loja e como isso afetará sua localização existente.

2. Mercado e concorrentes. Conduza uma pesquisa de mercado completa para seu novo local. Obtenha informações demográficas e psicográficas das pessoas que vivem lá e certifique-se de verificar a competição. Essas etapas fornecerão informações que o ajudarão a realizar o plano de marketing, o mix de produtos e o lançamento de sua nova loja.

3. Leis e regulamentos. Você provavelmente terá que cumprir diferentes leis e regulamentos ao abrir uma loja em uma cidade ou estado diferente, então, fique a par dos requisitos do local.

4. Pessoal. Pode ser uma boa ideia lidar com tarefas como contratação e gerenciamento de loja você mesmo, pelo menos nos primeiros meses. É mais benéfico estar no novo local porque você deseja começar a identificar quais são os desafios desde o início, e se ele pode identificá-los, então pode tomar medidas para corrigi-los.

3. Administre sua empresa na nuvem

Se você ainda não fez isso, substitua seu software local e sistemas manuais por soluções baseadas em nuvem. Fazer isso economizará muito tempo e dores de cabeça (como todos sabemos, operar em vários locais já consome tempo e energia o suficiente).

Ter todos os seus dados na nuvem permite essencialmente que você administre seus negócios de qualquer lugar. Isso não apenas torna mais fácil para você administrar seus negócios, mas também torna a vida mais simples para o restante de sua equipe. A maioria das soluções baseadas em nuvem são construídas com vários usuários em mente e, portanto, oferecem recursos que auxiliam no compartilhamento e colaboração.

Além disso, seus dados estão mais seguros na nuvem porque não estão presos a um único dispositivo. Então, se o computador da loja 1 de repente quebrar, você não terá que se preocupar em perder nenhuma informação.

4. Aproveite ao máximo as relações existentes com os fornecedores, sempre que possível

Se você estiver usando os mesmos fornecedores em seu segundo local, veja se consegue descontos ou contratos mais favoráveis. Por exemplo, você pode obter taxas mais baixas de sua seguradora se optar por segurar seu segundo local por meio delas.

Lembre-se também de que ter um local adicional aumenta seu poder de compra. Como você está comprando para vários locais, é mais provável que os fornecedores prestem atenção e atendam às suas solicitações. Certifique-se de alavancar seu poder de compra para negociar melhores acordos com os fornecedores.

5. Estabeleça procedimentos operacionais padrão

Embora cada loja deva ter um toque local, você precisa estabelecer consistência no que diz respeito às políticas e à experiência geral que deseja que seus clientes tenham. Seu procedimento para processamento de devoluções e trocas, por exemplo, deve ser o mesmo em todas as suas localidades. Isso não apenas reduzirá a confusão interna, mas também permitirá que você atenda melhor e mais eficientemente aos clientes.

Simplifique a gestão com as soluções da GDOOR!

Você gostou das dicas de como administrar uma rede de lojas? Esse processo pode se tornar ainda mais simples com o uso das soluções da GDOOR.

Com mais de 13 anos de atividade, a GDOOR é uma empresa especializada no desenvolvimento de confiáveis, práticas e com qualidade, homologadas em todos os estados brasileiros.

Possuímos uma política comercial diferenciada, que possibilita nossa experiente e capacitada equipe de consultores trabalhar exclusivamente com o revendedor, pois não efetuamos vendas ao usuário final. Hoje contamos com mais de 1800 revendedores e 28 mil usuários em todo Brasil, que também podem contar com nossa equipe de suporte técnico altamente qualificada.

Nossas soluções atendem MEI, Micro e Pequenas empresas de diversos setores do comércio, atacado e varejo.

•  Comércio em geral;

•  Bares, restaurantes e similares;

•  Prestadores de serviços;

•  Vendas externas;

•  Pequenos transportadores;

•  Produtor rural.

Entre nossas funcionalidades estão o gerenciamento financeiro, controle de estoque e emissão de documentos fiscais: NF-e, NFS-e, NFP-e, CT-e, CT-e OS, MDF-e, NFC-e, SAT, MFE e Cupom Fiscal. Além disso, atendemos TEF Discado, Dedicado, PAY&GO, SPED Fiscal, Sintegra e muito mais.

E, então, ficou com alguma dúvida sobre como administrar uma rede de lojas? Quer conhecer melhor as soluções da GDOOR? Então entre em contato com a nossa equipe!