Vender Sistemas da Dinheiro

Vender sistemas dá dinheiro e nós te explicamos nesse artigo como aumentar a sua renda dessa forma. Antes disso, saiba alguns cuidados que você deve tomar!

Ampliar a carteira de clientes, oferecer novos serviços ou até mesmo abranger uma área diferente para atuar com mais autoridade no ramo de tecnologia. Esses são alguns sinais que indicam que vender sistemas pode ser uma ótimo ramo para empreender.

Além disso, o uso de ferramentas tecnológicas é essencial para alcançar bons índices de produtividade e para a geração de lucro em uma empresa, por isso a procura pela aquisição de softwares é algo constante no mercado, tornando a venda de sistemas um negócio lucrativo.

Quer saber se vender sistemas realmente dá dinheiro e oferece crescimento para você? É só continuar com a leitura.

Benefícios de vender sistemas

Você acabou de ler que a procura pela aquisição de softwares empresariais é constante, pois se tornou uma necessidade básica para as empresas alcançarem mais eficiência em seus processos. Ou seja, atuar na venda de softwares pode ser uma excelente oportunidade de ganhos financeiros, além de algumas outras vantagens. Confira a seguir quais são algumas delas:

Aumento de renda

Ao disponibilizar softwares para venda, você agrega valor à sua loja, pois estará oferecendo um serviço necessário aos clientes que possuem empresas. Mas, você também pode atuar na venda de softwares como uma atividade extra, aumentando assim sua renda.

Seja seu próprio chefe

A dedicação exclusiva à venda de softwares e ao serviço de suporte tecnológico e intelectual pode ser lucrativa e garante receita mensal, já que os clientes terão que pagar pelo serviço de assistência técnica. Dessa forma, você pode ter o seu próprio negócio com a revenda, trabalhando sozinho ou contratando pessoal.

Ampliação de resultados

Se você já tem uma loja de informática, incluir a venda de softwares em seu mix de produtos é uma excelente opção para aumentar os lucros. Como o surgimento de novas tecnologias em software é constante, você pode antecipar tendências para superar a concorrência.

6 dicas para vender sistemas e fazer o seu negócio lucrar mais

O segredo para obter êxito na venda de softwares é mostrar o custo-benefício dos sistemas, com resultados concretos do que a sua solução pode realizar para que o cliente alcance seus objetivos. Lembre-se que, mesmo que o seu produto seja o melhor do mercado, ele não se vende sozinho, é preciso ter bons argumentos. Assim, para propor o uso de softwares é muito importante que você conheça as reais necessidades de cada cliente.

Continue a leitura e confira outras dicas importantes que devem ser consideradas na venda de sistemas.

1. Escolha um parceiro confiável

Antes de firmar uma parceria comercial, você precisa conhecer muito bem a empresa que fabrica o software. Pesquise sobre tempo de atuação e sua reputação no mercado. É indicado também conversar com quem já revende os sistemas e, se possível, com clientes que utilizam as soluções.

2. Conheça as políticas que a empresa oferece

Atuar na revenda de softwares pode ser bastante vantajoso para a empresa desenvolvedora, que se tornará mais conhecida, e para você enquanto revendedor, que estará comercializando sistemas de qualidade. Mas, antes de fechar uma parceria para revenda, é importante observar a política da empresa fabricante dos sistemas com relação ao pagamento pelas vendas realizadas e pela fidelização do cliente, assim como as oportunidades oferecidas para capacitação técnica.

3. Avalie as condições de parceria

Além da questão relacionada ao pagamento pelas vendas e oportunidades de qualificação, também é interessante saber se a empresa possui regras flexíveis e se oferece condições e material de apoio para o crescimento profissional dos revendedores. A exclusividade para revenda na região é outro ponto que deve ser discutido antes de firmar uma parceria.

4. Avalie sua região de atuação

Analise se os sistemas que serão revendidos têm mercado consumidor em sua região, pois uma boa carteira de clientes é fundamental para o sucesso da atividade.

5. Ofereça condições atrativas para os clientes

O mais importante é oferecer um sistema de software com bom custo-benefício, que seja realmente eficaz para resolver os problemas específicos de cada cliente, lembrando que preços competitivos e boas condições de pagamento ajudam a fazer a diferença na hora de realizar qualquer venda.

6. Não esqueça do pós-venda

O atendimento pós-venda eficiente é essencial para que o cliente continue consumindo o seu produto, por isso é preciso ter disponibilidade para realizar visitas periódicas e para oferecer treinamentos e todo o suporte necessário a ele. 

“Vender sistemas dá dinheiro?” O que diz quem já comercializa sistemas?

Você não conhece alguém que trabalha com a revenda de softwares? Alguns dos parceiros GDOOR deixaram seus comentários sobre o trabalho neste ramo de atuação. Clique aqui para conhecer todos eles.

E você, está pensando em vender sistemas? Não deixe de conhecer nosso programa de parcerias e tire todas as suas dúvidas!