Estabelecimento comercial

Confira 5 pontos que vão fazer você acertar na escolha e entenda por que a localização do estabelecimento comercial pode garantir o sucesso das suas vendas.

Você está satisfeito com a localização do seu estabelecimento comercial? Será que o lugar é o melhor para o seu tipo de negócio? Ou está em busca de uma opção para abrir um novo negócio? No caso do comércio, seja venda de produtos ou prestação de serviços, o local em que você está faz toda diferença!

Para realizar uma avaliação eficaz e segura, não basta considerar apenas o imóvel. O empreendedor precisa avaliar a localização sob condições que potencializam o crescimento dos negócios e do próprio estabelecimento comercial, seja ele alugado ou não.

Considerando o perfil de cliente que você pretende atingir, o produto ou serviço que serão oferecidos, é hora de observar os seguintes pontos sobre a localização do seu negócio. Caso você já tenha uma negócio, avalie os itens a seguir para identificar se também está no caminho certo.

1. O acesso para clientes, funcionários e fornecedores

É fácil chegar até o seu estabelecimento comercial? Clientes, funcionários e colaboradores precisam de acesso facilitado para dirigirem-se até o local. Vale para o espaço de estacionamento, seja ele particular ou nas ruas, horários de boa circulação de automóveis e pedestres, de carga e descarga das mercadorias.

Pesquise sobre os principais indicadores de segurança, conforto e higiene: incidência de barulhos na região, como é a coleta de lixo e a limpeza aos arredores, policiamento e iluminação pública, entre outros. Inclua ainda, a verificação dos meios de transporte para o acesso dos funcionários.

Importante: faça uma averiguação de como funcionaria o acesso para crianças, idosos e pessoas com necessidades especiais.

2. Espaço para produção ou prestação de serviços

O ponto comercial deve, obrigatoriamente, atender às suas necessidades de produção, vendas ou prestação de serviços! Não esqueça de confirmar se há legislação específica do município onde você vai abrir um negócio. Dependendo da natureza do seu trabalho, podem haver exigências diferenciadas.

Faça uma consulta prévia da localização do seu futuro estabelecimento comercial para conseguir o alvará de funcionamento.

3. Visibilidade do estabelecimento comercial

Considere todas as possibilidade quanto à aproximação dos clientes ao seu estabelecimento comercial e a identificação visual. Ao se aproximarem do local, eles precisam enxergar a sua fachada e a placa (ou letreiro) com facilidade, além de gostarem do que estão vendo — sejam pedestres ou pessoas dentro de veículos.

Um exemplo típico de estabelecimento comercial que tem a sua visibilidade prejudicada, é aquele que fica em frente ao ponto de ônibus. Com a aglomeração de pessoas, lá se vai a vitrine e, muitas vezes, placa e fachada.

Dica: procure não escolher locais no último andar de um prédio ou em corredores sem saída, já que esses locais costumam apresentar um movimento baixo de pessoas.

4. Fatores de atratividade do negócio

Concorrência existirá para qualquer tipo de empreendimento, mesmo que o seu seja uma novidade nas redondezas. Mais cedo ou mais tarde, alguém pode abrir um estabelecimento comercial e concorrer com você. Deste modo, é sempre importante se diferenciar e informar isso ao seu público.

É claro que se você estiver procurando por um local para abrir o seu negócio, evitará ao máximo um lugar onde o mercado está saturado. Contudo, ao se deparar com os concorrentes, busque algo diferente para a fachada, ambientes internos, no seu marketing e nas propagandas, entre outros fatores.

5. Comparação de lugares

Ninguém é obrigado a escolher o primeiro lugar que aparece! Faça a comparação entre as opções disponíveis no mercado imobiliário, observando os fatores citados anteriormente e o movimento de pessoas em diferentes horários. Converse com os proprietários de estabelecimentos próximos e pergunte sobre o valor médio do aluguel por ali.

Confira se o lado da rua do seu estabelecimento comercial tem mais sombra na parte da tarde, onde o movimento costuma ser maior. Prefira ainda os pontos comerciais que tenham o mesmo nível da rua e sem recuo.

Dica bônus: estabelecimento comercial em shoppings ou centros comerciais

Caso você busque por um ponto de venda em shoppings ou centros comerciais, a dica é buscar uma sala próxima à entrada principal, a praça de alimentação, a escadas rolantes ou lojas-âncoras. Esses lugares têm mais visibilidade e acesso facilitado.

 

Após a leitura deste conteúdo, não tem mais desculpas para você errar na localização do seu estabelecimento comercial. Salvo em casos extremos, ao seguir as orientações e ter os cuidados necessários, certamente o ponto comercial somará pontos para o sucesso do seu negócio.